15 novembro 2012

{Resenha} Cinquenta Tons Mais Escuros

(Cuidado! Essa resenha pode conter spoiler de Cinquenta Tons de Cinza)
Cinquenta Tons Mais Escuros é segundo livro da trilogia mais polêmica dos últimos tempos, da autora E. L. James com seu antecessor sendo o famosíssimo Cinquenta Tons de Cinza. Tive muita simpática pelo primeiro livro, apesar da narrativa amadora a estória conseguiu me convencer. Então resolvi dar uma chance com Cinquenta Tons mais Escuros, que superou todas as minhas expectativas, se tornando não só superior ao antecessor, mas um dos meus romances favoritos.

Após o termino do seu intenso relacionamento com Christian Grey, Anastasia Steele se vê imersa em um mundo sombrio, cheia de arrependimentos e incertezas pela enorme saudade que a consome. Christian sente o mesmo, está disposto a voltar e para que isso aconteça ele se dispõe a abrir sua vida para Ana, assim como seu coração. Ambos então resolvem dar uma chance a essa ligação impossível de ser ignorada que sentem um pelo outro.

Ana o ajuda a enfrentar seus demônios e começa a entender o que passa verdadeiramente na cabeça de Christian que teve um inicio de vida marcada por violência e traumas que o afetam até hoje. O passado dele a intriga, mas além dele, ela terá de enfrentar também as antigas relações de Christian com outras mulheres, que não estão tão no passado.

Nesse volume temos mais estória, mais ação, e conhecemos melhor a ambos. Muita coisa acontece, novas personagens surgem e outras ganham mais destaque, muitas a fim de atrapalhar –ainda mais – o romance, justamente agora que eles estão tão envolvidos.

O livro é totalmente focado no casal, e é de longe mais romântico, fofo, engraçado e revelador que o anterior, cheio de cenas maravilhosas que me conquistaram e emocionaram. E é sem dúvidas melhor escrito, infelizmente a “deusa anterior” de quem Ana tanto fala continuou a me irritar, mas com menos frequência o que é um grande avanço. As cenas hot continuam descritivas e em bastante número, mas não tão cansativas quanto no primeiro, a relação BDSM está presente em poucas cenas e são mais amenas.

Ana está mais ousada e segura, sua atração por Christian não a reprime mais ou a faz agir como uma adolescente apaixonada – o que irritava bastante no primeiro livro – tornando os diálogos entre os protagonistas mais engraçados, tensos e apaixonados na dose certa. Tudo entre ambos fica mais profundo e verdadeiro.

Christian está ainda mais irresistível do que nunca, ele se entrega a Ana de uma forma tão bonita, mostrando a sua verdadeira face e seus segredos, conhecemos seu lado sensível, meigo, até mesmo frágil, mas sem deixar sua personalidade possessiva, controladora e obsessiva de lado. É impossível não se apaixonar por esse homem que é tão frustrante e deslumbrante ao mesmo tempo.

— Ah, Anastasia! Você é a mulher mais frustrante do mundo. — Ele ergue as mãos para o céu. — Tudo bem eu dirijo.
Agarro a bainha do casaco dele e o puxo para junto de mim.
— Não, Sr. Grey… você é o homem mais frustrante do mundo.
Ele me encara, os olhos sombrios e intensos, em seguida passa os braços ao redor da minha cintura e me abraça, segurando-me apertado.
— Então talvez a gente tenha sido feito um para o outro. — diz ele em voz baixa e inspira profundamente, seu nariz em meu cabelo.

Quero deixar claro que sou uma romântica incurável, e talvez seja por isso que amei tanto esse livro, que é uma montanha russa de emoções, ri, chorei muito, surtei, e fiquei tensa durante a narrativa que é rápida, intensa e deliciosa. Um romance completo, com tudo o que uma boa estória precisa.

E. L. James amadureceu sua escrita, que ficou mais fluida e interessante. Não me arrependo de ter dado uma chance a trilogia, me arrependo de não ter lido antes. Fiquei bastante feliz com o desfecho, a ponta solta para próximo me surpreendeu e me deixou sem ideia para onde a estória irá se encaminhar. Se mantiver o nível o último livro tem tudo para fechar com chave de ouro. Se alguém nesse estagio ainda esteja em dúvida de ler, eu recomendo que tente e não desista no primeiro, a coisa melhora e muuuuito.

Classificação:
Ótimo

Cinquenta Tons Mais Escuros - E. L. James
Editora: Intrínseca
ISBN: 9788580572100
Ano: 2012
 Páginas: 485
Skoob: Aqui

8 comentários:

  1. Muito legal sua resenha e o blog.
    Já estou seguindo e te espero no meu blog Leituras, vida e paixões!!!

    Ainda não li nada dessa serie mas ano que vem darei uma oportunidade!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, pode deixar que vou aparecer por lá :)

      Excluir
  2. Suas resenhas são sempre muito bem elaboradas,completas e cheias de detalhes...curti saber um pouco mais do livro.
    Abraço!

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Bruno! Fico feliz que você goste delas ;)

      Abraços

      Excluir
  3. Estou tentando arranjar um motivo para ler essa trilogia. Nenhum argumento foi tão convincente para me deixar com uma super vontade de ler, mas sabe quando a gente tem uma curiosidade só pra saber o motivo das pessoas gostarem tanto? Então.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena você tentar, nada melhor do que formar sua própia opinião.

      Beijo.

      Excluir
  4. Já estava ansiosa pela leitura de 50 tons mais escuros. Agora então...uh! não me arrependo mesmo de ter lido o livro. Como é que a E.L.James faz isso? Onde ela foi buscar inspriração para construir personagem tão perfeito como o Christian?

    Parabéns pela resenha! Seu blog é show!

    Juliene Farnez
    http://entrereaiseutopias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o melhor da trilogia, sou apaixonada pela forma como a estória da uma guinada nele *-* Concordo com você, acabei me apaixonando perdidamente pelo Christian!

      Muuuito obrigada Juliene, fico feliz que tenha gostado, beijos.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...